Quais são as mudanças a partir de 1 de outubro?

É já a partir da meia-noite do dia 1 de outubro que começa uma nova fase de desconfinamento, que aproxima cada vez mais tempo antes da Covid-19.

Após o sucesso que se tornou o processo de vacinação em Portugal, que atingiu os 85% de taxa de população vacinada, começa na próxima sexta-feira uma nova fase, a 3ª, rumo á normalidade, antes da Covid-19, sendo as principais medidas, as seguintes:

– Restaurantes e lojas deixam de ter limitações no número de clientes:

Os estabelecimentos comerciais, restaurantes, cafés assim como o restante comércio deixam de ter limite máximo de clientes ou pessoas por grupo. O fim desta restrição aplica-se também aos eventos familiares, como casamentos e batizados.

– Espetáculos com lotação a 100% e certificado para grandes eventos:

Os espetáculos culturais deixam de ter limitação de lotação, mas será exigido certificado digital para grandes eventos culturais, cabendo à Direção-Geral da Saúde (DGS) a definição do que são esses eventos. O uso de máscara em espetáculos será obrigatório sempre que não haja distância de dois metros entre pessoas.

– Bares e discotecas reabrem:
Os espaços de diversão noturna podem reabrir mas vai passar a ser exigido o certificado de vacinação, tal como acontecerá no grandes eventos desportivos.

– Máscara obrigatória apenas em locais de risco ou grandes concentrações:
O uso de máscara obrigatório cinge-se aos transportes públicos, grandes superfícies, lares e hospitais, salas de espetáculos e grandes eventos.

– Certificado digital deixa de ser exigido em restaurantes e hotéis:
Os clientes dos restaurantes e hotéis vão deixar de ter de apresentar certificado de vacinação ou teste negativo à covid-19.
A apresentação do documento será também obrigatória para viagens por via marítima ou aérea e nas visitas a lares e estabelecimentos de saúde, uma vez que passam a ser retomadas as visitas hospitalares.

– Termina recomendação do teletrabalho:
Acaba a recomendação da opção pelo teletrabalho e é eliminada a testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores.


– Fim da limitação de venda de álcool e de horários:
A limitação da venda e consumo de álcool termina e os limites, em matéria de horários, que tinham sido impostos devido à pandemia, também, acabam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.