GNR apreende armas relacionadas com processo de violência doméstica

O Comando Territorial de Coimbra, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no dia 15 de outubro, procedeu à apreensão de duas armas e munições no âmbito de um processo de investigação do crime de violência doméstica, no concelho da Figueira da Foz, numa ação que contou com o reforço do Posto Territorial de Praia de Quiaios.

No mesmo âmbito, os militares da Guarda apuraram que o agressor de 33 anos exercia violência psicológica, através de ofensas verbais e ameaças de morte, contra a vítima, sua ex-companheira de 34 anos, com a qual viveu durante dois anos, segundo comunicado da mesma força policial.

No decurso da investigação apurou-se que o suspeito teria em sua posse armas de fogo, pelo que, para acautelar a integridade física da vítima, os militares da Guarda deram cumprimento a dois mandados de busca, uma domiciliária e outra em veículo, culminando na apreensão dos seguintes artigos:

·        Uma espingarda de caça;

·         Uma catana;

·         19 cartuchos de calibre 12.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial da Figueira da Foz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.