Manutenção da Ponte Edgar Cardoso vai custar 16.7 milhões de euros

A Ponte Edgar Cardoso, na Figueira da Foz, irá ficar condicionada, após ter sido adjudicada, a obra de manutenção, à empresa Mota Engil, pelo valor de 16.7 milhões de euros.

A obra foi apresentada em concurso público, com um preço base de 18 milhões de euros e um prazo inicial de 720 dias, não chegando, no entanto, a esse valor e tendo, ainda, um prazo inicial de 630 dias.

Durante este período de tempo, a Ponte Edgar Cardoso vai ter, apenas, uma faixa de rodagem para cada sentido, com o trânsito a ser desviado para a A17, com portagens grátis até data a definir.

Esta será a maior intervenção na ponte, desde a sua construção, em 1982, e que se iniciará após a aprovação do Tribunal de Contas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.