Sueco Jonas Andersson sagrou-se campeão do Mundo de Motonáutica de Fómula 1 na Figueira da Foz

O sueco Jonas Andersson, da Team Sweden (embarcação na foto), sagrou-se, no passado fim-de-semana, campeão do mundo de Fórmula 1 de motonáutica, ao vencer o Grande Prémio de Portugal, na Figueira da Foz, com o tempo de 36.17 minutos, numa prova, marcada, por dois acidentes.

Jonas Andersson sucede, ao norte-americano Shaun Torrente, que terminou a prova, em 5º lugar.

Em segundo lugar classificou-se o finlandês Alec Weckstrom, que na ultrapassagem, para aquela posição, tocou o catamarã do compatriota Sami Selio, que teve de abandonar a prova, sem ferimentos, sendo que, momentos antes, a competição, também, tinha sido interrompida, devido ao ‘capotanço’ da piloto dinamarquesa Marit Stromoy, a única mulher concorrente que, também, não sofreu ferimentos.

A terceira posição foi ocupada, por Thani Al Qemzi, piloto dos Emirados Árabes Unidos.

A Federação Portuguesa de Motonáutica, Câmara da Figueira da Foz e do Clube Náutico da Figueira da Foz, que foram os parceiros da União Internacional de Motonáutica, para a realização prova, já manifestaram interesse, em que o evento regresse à Figueira da Foz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.